domingo, 30 de agosto de 2009

PROGRAMAÇÃO DE SETEMBRO

O Cine Vila Rica, agora conduzido pela Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) através do ComCine - Comitê de Cinema da UFOP, retoma suas atividades nesse segundo semestre de 2009 com uma seleção de filmes diversificada para os mais variados admiradores da sétima arte:
SETEMBRO NO CINEMA
Sessões com o melhor do cinema mundial, todos os dias às sete da noite, com sessões especiais nos sábados e domingos às cinco da tarde: nos sábados, curtas-metragens; nos domingos, sessão infantil. Filmes de diversos gêneros e estilos, com entrada gratuita!
Confira a programação:
         /  terça 1  /  quinta 3  / 
         19:00  ::  A LIRA DO DELÍRIO
         /  quarta 2  /  sexta 4  /
         19:00  ::  O HOMEM QUE NÃO ESTAVA LÁ
         /  sábado 5  /
         17:00  ::  DIVERSIDADE SEXUAL (seleção de curtas-metragens)
         19:00  ::  A LIRA DO DELÍRIO
         /  domingo 6  /
         17:00  ::  PETER PAN – infantil
         19:00  ::  MADAME SATÃ
         /  segunda 7  /  quarta 9  /  sexta 11  /
         19:00  ::  FAHRENHEIT 451
         /  terça 8  /  quinta 10  / 
         19:00  ::  MANHATTAN
         /  sábado 12  /
         17:00  ::  COMÉDIAS CONTEMPORÂNEAS (seleção de curtas-metragens)
         19:00  ::  MANHATTAN
         /  domingo 13  /
         17:00  ::  CORALINE – infantil
         19:00  ::  O SELVAGEM DA MOTOCICLETA
         /  segunda 14  /  quarta 16  / 
         19:00  ::  BAILE PERFUMADO (+ o curta O HOMEM DA MATA)
         /  terça 15  /  quinta 17  /
         19:00  ::  PULP FICTION
         /  segunda 21  /  quarta 23  / 
         19:00  ::  SARABAND
         / terça 22  /  quinta 24  /
         19:00  ::  CREPÚSCULO DOS DEUSES


          / de 25 a 29 de setembro /
           Mostra Conversando Cinema 5 – filmes comentados



PROGRAMAÇÃO DE MARIANA (Auditório do ICHS)
        //  segunda, 31 ago  \\
            19:00 .. VALSA COM BASHIR
        //  terça, 8 set  \\
            19:00 .. ENTRE OS MUROS DA ESCOLA
        //  segunda, 21/set  \\
            19:00 .. A HORA DA PARTIDA



Informações:

::  A LIRA DO DELÍRIO

De Walter Lima Júnior
(Brasil, 1978, ficção (drama), cor, 105 minutos)

No intervalo entre dois carnavais de um bloco de Niterói, uma "taxi-girl", Ness Elliot, se envolve com um rico e ciumento amante. Para submetê-la à sua vontade, ele tenta os mais diversos artifícios, como a tentativa de transformá-la numa traficante de tóxicos e o seqüestro de seu bebê. Desesperada mas firme, ela procura ajuda de antigos companheiros do bloco Lira do Delírio. Filme raro!

Exibição nos dias 1 (ter) / 3 (qui) / 5 (sáb)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita



::  O HOMEM QUE NÃO ESTAVA LÁ

De Joel Coen e Ethan Coen
The Man Who Wasn't There (EUA, 2001, ficção (drama), p&b, 116 minutos)

Em meio aos anos 40, Ed Crane é um barbeiro infeliz, que vive com sua esposa Doris. Ao descobrir que ela o está traindo, Ed passa então a planejar uma trama de chantagem contra ela, a fim de ensinar-lhe uma lição. Mas quando seu plano vai por água abaixo uma série de consequências desagradáveis ocorrem, incluindo vários assassinatos.

Exibição nos dias 2 (qua) / 4 (sex)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita



.:  DIVERSIDADE SEXUAL – curtas-metragens

Esta seleção de curtas reúne imagens, histórias e personagens que traduzem um pequeno universo de diferentes sexualidades, traduzidas por filmes que enfocam sentimentos de amor e desejo quase sempre em contraposição às regras sociais e religiosas (como em "Sexo e Claustro"). Da crônica de mistério e humor popular de "Vox Populi" ao rito de passagem de "Sargento Garcia" (este adaptado dos escritos de Caio Fernando Abreu), a seleção transita também pelas descobertas de "Meninas" e "Entre Trilhos", nos quais garotas, mesmo em comunidades conservadoras do interior, descobrem o amor já bem cedo. Os premiados "Tá" e "Rasgue Minha Roupa" oferecem o oposto, ao analisar a idéia de uma sensualidade moderna (e mecânica), deixando para "Em Nome do Pai", um raro olhar em tom rodrigueano para a busca do prazer dentro do seio familiar, custe o que ele custar.
          .: EM NOME DO PAI
             De Júlio Pessoa, SP, 2002, 17 minutos.
          .: ENTRE TRILHOS
             De Eloísa Fusco, SP, 2003, 6 minutos.
          .: MENINAS
             De Paula Alves, RJ, 1997, 17 minutos.
          .: RASGUE A MINHA ROUPA
             De Lufe Steffen, SP, 2002, 11 minutos.
          .: SARGENTO GARCIA
             De Tutti Gregianin, RS, 2000, 15 minutos.
          .: SEXO E CLAUSTRO
             De Claudia Priscilla, SP, 2005, 12 minutos.
          .: TÁ
             De Felipe Sholl, RJ, 2007, 5 minutos.
          .: VOX POPULI
             De Marcelo Laffitte, RJ, 1997, 18 minutos.

Exibição no dia 5 (sáb)
17:00 / cine vila rica / entrada gratuita



::  PETER PAN

Clássico da Walt Disney Pictures
(EUA, 1953, animação (infantil), cor, 77 minutos)
Baseado na história de J. M. Barrie, o filme conta a aventura de Peter Pan e seus amigos na Terra do Nunca, o lugar onde as crianças não crescem, onde estão em confronto com o impiedoso Capitão Gancho, que quer se vingar de Peter Pan por ter perdido a mão em uma luta contra ele. Para isso, Pan contará com a ajuda de Wendy e seus irmãos, trazidos do mundo real, e da pequena fada Sininho.
Exibição no dia 6 (dom)
17:00 / cine vila rica / entrada gratuita



::  MADAME SATÃ

De Karim Aïnouz
(Brasil, 2002, ficção (drama), cor, 105 minutos)
O diretor Karim Aïnouz equilibra crueza e plenitude de estilo visual com uma visão "neo-macunaímesca" no retrato de um personagem real. João Francisco dos Santos (Lázaro Ramos), artista transformista e criminoso conhecido como Madame Satã, foi uma figura singular da marginália carioca nos anos 1930. "Eu sou filho de Iansã e Ogum, e de Josephine Baker eu sou devoto", diz este freqüentador da boemia da Lapa entre golpes e mortes. O temperamento explosivo de Madame Satã constrói pela destruição uma vida emblemática, em atos movidos sem mesura por instinto e paixão. A câmera de Aïnouz age como um personagem dos ambientes nos fazendo participar intimamente da vida do protagonista, não apenas retratando à distância, mas se integrando à sua própria vida.
Exibição no dia 6 (dom)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita



::  FAHRENHEIT 451

De François Truffaut
(Inglaterra/França, 1966, ficção (drama), cor, 111 minutos)
A obra-prima literária de Ray Bradbury sobre um futuro sem livros ganha assustadora dimensão realística neste clássico filme dirigido por François Truffaut, um dos grandes inovadores do cinema de todos os tempos. Em um Estado totalitário em um futuro próximo, os "bombeiros" têm como função principal queimar qualquer tipo de material impresso, pois foi convencionado que literatura é um propagador da infelicidade. Mas Montag, um bombeiro, começa a questionar tal linha de raciocínio quando vê uma mulher preferir ser queimada com sua vasta biblioteca ao invés de permanecer viva.
Exibição nos dias 7 (seg) / 9 (qua) / 11 (sex)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita



::  MANHATTAN

De Woody Allen
 (EUA, 1979, ficção (comédia), p&b, 96 minutos)
Um escritor de meia-idade divorciado (Woody Allen) se sente em uma situação constrangedora quando sua ex-mulher decide viver com uma amiga e publicar um livro, no qual revela assuntos muito particulares do relacionamento deles. Neste período ele está apaixonado por uma jovem de 17 anos (Mariel Hemingway), que corresponde a este amor. No entanto, ele sente-se atraído por uma pessoa mais madura, a amante do seu melhor amigo.
Exibição nos dias 8 (ter) / 10 (qui) / 12 (sáb)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita


.:  COMÉDIAS CONTEMPORÂNEAS – curtas-metragens

Que o brasileiro gosta de rir, isso é mais do que sabido. E o curta-metragem tem sido um campo rico historicamente para a expressão cômica. No entanto, muitos filmes acabam fazendo desta relação o espaço para o simples contar de uma piada, deixando de lado a expressão que só a linguagem cinematográfica permite. Nessa coletânea, atravessamos o Brasil do extremo norte ao Sul vendo uma série de narrativas que só extraem sua graça da possibilidade de narrar um conto cômico a partir das imagens e sons. Da realidade urbana de "BMW vermelho" ao causo de bar de "No princípio era o verbo", de uma história do passado ao aparato tecnológico moderno, nós podemos rir de quase tudo através do cinema destes filmes.
          .: AÇAÍ COM JABÁ
             De Alan Rodrigues, PA, 2000, 13 minutos.
          .: BMW VERMELHO
            De Reinaldo Pinheiro, SP, 2001, 22 minutos.
          .: DOV'E MENEGHETTI
             De Beto Brant, SP, 1989, 12 minutos.
          .: NO PRINCÍPIO ERA O VERBO
             De Virgínia Jorge, ES, 2006, 18 minutos.
          .: O OITAVO SELO
             De Tomás Creus, RS, 1999, 15 minutos.
          .: P R KADEIA
             De Eduardo Caron, SP, 1992, 15 minutos.

Exibição no dia 12 (sáb)
17:00 / cine vila rica / entrada gratuita



::  CORALINE

De Henry Selick
(EUA, 2009, animação, cor, 100 minutos)
Coraline Jones está entediada em sua nova casa, até que encontra uma porta secreta e descobre uma versão alternativa de sua própria vida do outro lado. Aparentemente esta realidade paralela é muito similar à sua vida e às pessoas com quem convive – só que é muito melhor. Mas quando este mundo aparentemente perfeito fica perigoso, Coraline terá que contar com sua habilidade, determinação e bravura para escapar e salvar sua verdadeira família.
Exibição no dia 13 (dom)
17:00 / cine vila rica / entrada gratuita


::  O SELVAGEM DA MOTOCICLETA

De Francis Ford Coppola
Rumble Fish (EUA, 1983, ficção (drama), p&b/cor, 94 minutos)
Numa pequena cidade industrial do interior dos Estados Unidos, o jovem Rusty James vive à sombra da fama de um irmão ausente, conhecido por todos como "O Motoqueiro". Praticamente sem família nem amigos, Rusty sequer tem identidade própria, sendo conhecido por todos como "o irmão do Motoqueiro". Até que uma grande rivalidade contra uma das gangues fará com que Rusty mude todos os rumos de sua vida.
Exibição no dia 13 (dom)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita


::  BAILE PERFUMADO

De Paulo Caldas e Lírio Ferreira
(Brasil, 1997, ficção (drama), cor, 93 minutos)
Amigo íntimo do Padre Cícero, o mascate libanês Benjamin Abrahão decide filmar Lampião e todo seu bando, pois acredita que este filme o deixará muito rico. Após alguns contatos iniciais ele conversa diretamente com o famoso cangaceiro e expõe sua idéia, mas os sonhos do mascate são prejudicados pela ditadura do Estado Novo. Inspirado em fatos reais.
Antes do filme haverá a exibição do curta-metragem:
          :: O HOMEM DA MATA
             De Antonio Luiz Carrilho, PE, 2004, 18 minutos.

Exibição nos dias 14 (seg) / 16 (qua)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita


::  PULP FICTION

De Quentin Tarantino
(EUA, 1994, ficção (policial), cor, 154 minutos)
Dois assassinos profissionais que devem fazer cobrança para um gângster; um deles é forçado a sair com a garota do chefe, temendo passar dos limites. Enquanto isso, um boxeador se mete em apuros por ganhar luta que deveria perder. Vencedor da Palma de Ouro em Cannes, 1994.
Exibição no dia 15 (ter) / 17 (qui)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita

 

 

 

::  SARABAND

De Ingmar Bergman
(Suécia, 2003, ficção (drama), cor, 112 minutos)
Trinta anos após o divorcio, Marianne decide visitar John no seu isolado retiro no interior e testemunha o relacionamento atormentado entre seu amargo ex-marido, seu filho, Henrik e uma neta de 19 anos. Ignorando os protestos do seu filho Johan, oferece mandar a garota para um prestigiado conservatório de música, forçando-a escolher entre seu futuro promissor como uma violoncelista ou ficar com seu atormentado pai.
Exibição nos dias 21 (seg) / 23 (qua)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita



::  CREPÚSCULO DOS DEUSES

De Billy Wilder
Sunset Boulevard (EUA, 1950, ficção (drama), p&b, 110 minutos)
Joe Gillis, um roteirista fugindo de representantes de uma financeira, tenta recuperar seu carro preso por falta de pagamento e se refugia em uma decadente mansão, cuja proprietária, Norma Desmond, é uma estrela do cinema mudo. Quando Norma tem conhecimento que Joe é roteirista, contrata-o para revisar o roteiro de Salomé, que poderá marcar o seu retorno às telas. O roteiro é insuportável, mas o pagamento é bom e ele não tem o que fazer. No entanto, o que o destino lhe reserva não é nada agradável.
Exibição no dia 22 (ter) / 24 (qui)
19:00 / cine vila rica / entrada gratuita


 




**************************************






PROGRAMAÇÃO DE MARIANA


(Auditório do ICHS)










.. VALSA COM BASHIR






De Ari Folman


Vals Im Bashir (Israel, 2008, animação (drama), 90 minutos)






Depois de conversar com um amigo sobre a participação deles na Guerra do Líbano no começo da década de 80, o diretor Ari se dá conta de que há uma grande lacuna na sua memória referente àquela época. Ele resolve, então, sair em busca de seus ex-companheiros de exército israelense para reconstruir o que viveram e o que realmente aconteceu naquele período de tempo. Cada conversa lhe traz novas lembranças e imagens do horror que vivera. Feito todo em animação, é um filme que encontra uma forma interessante de relatar massacres e crueldades de conflitos no Oriente Médio. Tema extremamente forte, tratado com sobriedade e com um final chocante.






Data: 31 de Agosto


Horário: 19:00


Local: Auditório do ICHS - Mariana


Entrada gratuita














.. ENTRE OS MUROS DA ESCOLA






De Laurent Cantet


Entre les Murs (França, 2008, ficção documental (drama), cor, 128 minutos)






François Marin trabalha como professor de língua francesa em uma escola de ensino médio, localizada na periferia de Paris. Ele e seus colegas de ensino buscam apoio mútuo na difícil tarefa de fazer com que os alunos aprendam algo ao longo do ano letivo. François busca estimular seus alunos, mas o descaso e a falta de educação são grandes complicadores.






Data: 8 de setembro


Horário: 19:00


Local: Auditório do ICHS - Mariana


Entrada gratuita














.. A HORA DA PARTIDA






De Tsai Ming-Liang


Ni na bian ji dian (Taiwan, 2001, ficção (drama), 116 minutos)






Hsiao Kang vende relógios nas ruas de Taipei como ganha-pão. Ele acaba de perder o pai, e sua mãe ainda não assimilou a perda, passando horas rezando com um monge para que o espírito do marido volte. Até que acaba acreditando na reencarnação do homem numa barata. Hsiao se apaixona por uma cliente, Shiang-chyi, que chegou da França e tenta comprar dele um relógio que não havia no mostruário. Ele tenta encontrar um similar para ela. Enquanto isso, fica obcecado e passa a acertar todos os relógios de Taipei com o fuso horário de Paris. Já Shiang-chyi, na França, depara-se com estranhos acontecimentos que se relacionam com Hsiao.






Data: 21 de setembro


Horário: 19:00


Local: Auditório do ICHS - Mariana


Entrada gratuita


















comcine@ufop.br

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

AGOSTO PARA TODOS OS GOSTOS!

O Cine Vila Rica, agora conduzido pela Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) através do ComCine - Comitê de Cinema da UFOP, retoma suas atividades nesse segundo semestre de 2009 com uma seleção de filmes diversificada para os mais variados admiradores da sétima arte:

AGOSTO PARA TODOS OS GOSTOS!

Sessões com o melhor do cinema mundial, todos os dias às oito da noite, com sessões especiais nos sábados e domingos às seis da tarde. Filmes de vários gêneros e estilos fazem parte da seleção: suspense, velho oeste, clássico, animação, documentário, curtas-metragens, infantil e muito mais, para atender a todos os gostos. E o melhor: com entrada gratuita!


Confira a programação:

/ sábado 8 /
20:00 :: LUAR SOBRE PARADOR

/ domingo 9 /
18:00 :: FILMINHOS INFANTIS (seleção de curtas-metragens)
20:00 :: AKIRA

/ segunda 10 / quarta 12 / sexta 14 /
20:00 :: EDIFÍCIO MASTER

/ terça 11 / quinta 13 /
20:00 :: JANELA INDISCRETA

/ sábado 15 /
18:00 :: DIFERENÇAS (seleção de curtas-metragens)
20:00 :: JANELA INDISCRETA

/ domingo 16 /
18:00 :: OS XERETAS (+ o curta LASANHA ASSASSINA) – infantil
20:00 :: TRÊS HOMENS EM CONFLITO

/ segunda 17 / quarta 19 / sexta 21 /
20:00 :: CINEMA, ASPIRINAS E URUBUS (+ o curta O CRIME DA IMAGEM)

/ terça 18 / quinta 20 /
20:00 :: TUDO SOBRE MINHA MÃE

/ sábado 22 /
18:00 :: COMUNIDADES (seleção de curtas-metragens)
20:00 :: TUDO SOBRE MINHA MÃE

/ domingo 23 /
18:00 :: CAVALINHO AZUL (+ o curta PORTINHOLAS) – infantil
20:00 :: O GRANDE GOLPE

/ segunda 24 / quarta 26 /
20:00 :: OS MATADORES (+ o curta SINISTRO)

/ terça 25 /
20:00 :: VELUDO AZUL


Informações:

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: LUAR SOBRE PARADOR

Filmado em Ouro Preto!

De Paul Mazursky

Moon Over Parador (EUA, 1988, ficção, cor, 103 minutos)

Bem-vindo a Parador. O ditador é frio, a primeira dama é quente e o povo está revoltado... E Jack Noah acaba de ganhar o papel de sua vida. Enquanto trabalha em um filme na pequena cidade de Parador, Jack Noah recebe a oferta de um papel que ele não pode recusar: fingir que é o recém-falecido ditador da nação. Entretanto Madonna (Sônia Braga), a amante de sangue quente do ditador, tem outros planos e encoraja Jack a tirar vantagem da situação, além de começar a fazer algumas mudanças democráticas. Em pouco tempo, Jack ofende os camaradas políticos enquanto conduz o país à revolta e ganha o coração da massa oprimida.

exibição no dia 8 (sáb)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: FILMINHOS INFANTIS – curtas-metragens

A sessão traz quatro ficções protagonizadas por crianças e adolescentes. “Maré Capoeira” e “Caçadores de Saci” foram produzidos através do programa do Ministério da Cultura, o Curta-Criança. “Dona Cristina Perdeu a Memória” discute o esquecimento de uma idosa através de sua relação com um menino de oito anos, enquanto “Paisagem de Meninos” mostra os dilemas de um grupo de garotos que querem assistir a um seriado no cinema, nos anos 30.

:: CAÇADORES DE SACI
De Sofia Federico, BA, 2005, 13 minutos.

:: DONA CRISTINA PERDEU A MEMÓRIA
De Ana Luiza Azevedo, RS, 2002, 13 minutos.

:: MARÉ CAPOEIRA
De Paola Leblanc, RJ, 2005, 15 minutos.

:: PAISAGEM DE MENINOS
De Fernando Severo, PR, 2003, 25 minutos.


exibição no dia 9 (dom)
18:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: AKIRA

De Katsuhiro Otomo
(Japão, 1987, animação, cor, 124 minutos)

Kaneda é um líder da gangue de motoqueiros, que tem um amigo próximo envolvido em um projeto governamental secreto chamado Akira. Para salvar seu amigo, Kaneda pede ajuda para vários grupos como: ativistas anti-governo, políticos gananciosos, cientistas irresponsáveis e poderosas forças militares. Durante o confronto, Tetsuo recebe uma força sobrenatural que resulta em conseqüências para o resto de sua vida.

exibição no dia 9 (dom)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: EDIFÍCIO MASTER

De Eduardo Coutinho
(Brasil, 2002, documentário, cor, 110 minutos)

Um edifício em Copacabana. A uma esquina da praia. Duzentos e setenta e seis apartamentos conjugados. Uns quinhentos moradores. Doze andares, vinte e três apartamentos no prédio por um mês e, durante sete dias, filmaram a vida de seus moradores. Trinta e sete deles são personagens do filme.

exibição nos dias 10 (seg) / 12 (qua) / 14 (sex)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: JANELA INDISCRETA

De Alfred Hitchcock
Rear Window (EUA, 1954, ficção (suspense), cor, 114 minutos)

Quando o fotógrafo profissional J.B. "Jeff" Jeffries se vê obrigado a permanecer numa cadeira de rodas com uma perna quebrada, nasce nele uma obsessão pela observação dos dramas privados dos seus vizinhos do outro lado do pátio. Quando suspeita que um vendedor possa ter assassinado a sua maçante esposa, Jeffries pede ajuda a sua deslumbrante namorada e socialite para investigar a cadeia de acontecimentos altamente suspeitos, que, em última instância, levam a um dos finais mais inesquecíveis e arrebatadores da história do cinema.

exibição nos dias 11 (ter) / 13 (qui) / 15 (sáb)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: DIFERENÇAS
– curtas-metragens

Uma das capacidades mais importantes do cinema é a de conseguir nos aproximar da vida de pessoas cuja realidade desconheceríamos de outra maneira. Seja pelo acesso a filmes de países distantes ou pelas narrativas em outros tempos históricos, o cinema sempre funciona como uma janela aberta ao outro. Mesmo que os filmes presentes nessa coletânea nos apresentem histórias bem próximas geograficamente e que se passem em tempos contemporâneos, ainda assim o que veremos será a possibilidade do contato com realidades bem distintas. Assim, conheceremos o mundo através da perspectiva de deficientes visuais (“Reminiscência”) e auditivos (“O resto é silêncio”), de anões (“Criaturas que nasciam em segredo”), daqueles que a sociedade considera como loucos (“Príncipe do fogo”) ou tão-somente daqueles que partilham hábitos ou crenças bastante particulares (“Labirinto” e “Patuá”). Ao final, vemos que estes outros, mesmo que a princípio distantes, são de fato bastante parecidos com todos e cada um de nós.

:: CRIATURAS QUE NASCIAM EM SEGREDO
De Chico Teixeira, SP, 1995, 21 minutos.

:: LABIRINTO
De Margarita Hernández e Tibico Brasil, CE, 2002, 19 minutos.

:: O RESTO É SILÊNCIO
De Paulo Halm, RJ, 2003, 23 minutos.

:: PATUÁ
De Snir Wein, RJ, 2002, 14 minutos.

:: PRÍNCIPE DO FOGO
De Silvio Da-Rin, RJ, 1984, 11 minutos.

:: REMINISCÊNCIA
De Eduardo Nunes, RJ, 2001, 12 minutos.


exibição no dia 15 (sáb)
18:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: OS XERETAS


De Michael Ruman
(Brasil, 2001, ficção (infanto-juvenil), cor, 90 minutos,)

Duda, Tato e Nick são garotos entre 12 e 14 anos. Os xeretas que descobrem uma rede de túneis, localizada abaixo da cidade, que acaba por levá-los muito, muito além do que eles poderiam imaginar. Tudo tem início quando eles encontram uma pequena menina, com um estranho símbolo dourado, tatuado no braço, vagando perdida pelas ruas de castro. Com a ajuda de Alana – uma mística que vive na cidade – descobrem que a menina é na realidade uma “viajante dos portais do tempo e do espaço”, perdida nos tempos de hoje. Alana se vale de seus antigos e raros manuscritos, para contar aos xeretas a história dos Aleph, o povo de viajantes responsável, desde sempre, pela segurança dos portais.

Antes do filme haverá a exibição do curta-metragem:

:: A LASANHA ASSASSINA
De Alê Machado, SP, 2002, 8 minutos.

exibição no dia 16 (dom)
18:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: TRÊS HOMENS EM CONFLITO


De Sérgio Leone

Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo (Itália/Espanha, 1966, ficção (western), cor, 179 minutos)

Clint Eastwood volta como o invencível "Homem Sem Nome", desta vez ao lado de dois pistoleiros à procura de uma fortuna em ouro roubado. Mas trabalho de equipe não é coisa fácil para indivíduos fora-da-lei com personalidades tão fortes, e eles logo descobrem que seu maior desafio é manter a concentração - e a vida - em um país arrasado pela guerra. Desenvolvendo um estilo de ação inédito, mas nunca igualado desde então, Três Homens em Conflito é com certeza a forma do faroeste no verdadeiro estilo de Sérgio Leone.

exibição no dia 16 (dom)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: CINEMA, ASPIRINAS E URUBUS

De Marcelo Gomes
(Brasil, 2005, ficção (drama), cor, 101 minutos)

1942. No meio do sertão nordestino, dois homens se encontram: Johann, um alemão que fugiu da Guerra, e Ranulpho, um brasileiro que quer escapar da seca que assola a região. Viajando de povoado em povoado, eles exibem filmes para pessoas que já haviam conhecido o cinema, para vender um remédio “milagroso”. Continuando a cruzar as estradas empoeiradas de um sertão arcaico, eles buscam novos horizontes em suas vidas. Nesta jornada, os dois aprendem a respeitar as diferenças e surge entre eles uma amizade incomum, mas que marcará suas vidas para sempre.

Antes do filme haverá a exibição do curta-metragem:

:: O CRIME DA IMAGEM
De Lírio Ferreira, PE, 1992, 13 minutos.

exibição nos dias 17 (seg) / 19 (qua) / 21 (sex)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: TUDO SOBRE MINHA MÃE

De Pedro Almodóvar
Todo sobre mi madre (Espanha, 1999, ficção (drama), cor, 101 minutos)

No dia de seu aniversário, Esteban ganha de presente da mãe, Manuela, um ingresso para ver a nova montagem da peça "Um bonde chamado desejo", estrelada por Huma Rojo. Após a peça, ao tentar pegar um autográfo de Huma, Esteban é atropelado e termina por falecer. Manuela resolve então ir de encontro ao pai de Esteban, que vive em Barcelona, para dar-lhe a notícia, quando encontra no caminho o travesti Agrado, a freira Rosa e a própria Huma Rojo.

exibição nos dias 18 (ter) / 20 (qui) / 22 (sáb)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: COMUNIDADES
– curtas-metragens


Hip hop paulista é ativismo social. O brega amazonense se mira no espelho da sátira. Um documentário baiano termina em moqueca. As marionetes do Morrinho fazem seu desfile de carnaval. Maria Capacete xinga mas ama seus vizinhos em Santos. E por aí vai esse mapa do Brasil do ponto de vista das comunidades de morro e periferia. Em nove curtas, um mosaico da expressão autônoma de brasileiros livres para representarem a si mesmos. Cada um a sua maneira, mas com espírito eminentemente coletivo, o povo das comunidades está oxigenando o audiovisual brasileiro. Fruto de ações de inclusão social pela cultura e da conquista da auto-expressão, esse cinema anuncia um novo tempo.

:: ACADÊMICOS DO MORRINHO – PARTE 1
De Chico Serra, Fábio Gavião, Nelcirlan Souza e Renato Dias, RJ, 2006, 4 minutos.

:: ACADÊMICOS DO MORRINHO – PARTE 2
De Chico Serra, Fábio Gavião, Nelcirlan Souza e Renato Dias, RJ, 2006, 4 minutos.

:: DEFINA-SE
De Kelly Regina Alves, SP, 2002, 4 minutos.

:: GEYZISLAINE, MEU AMOR
De Alunos da Amacine, AM, 2005, 4 minutos.

:: MARIA CAPACETE
De Eduardo Bezerra e Victor Luiz dos Santos, SP, 2006, 20 minutos.

:: MULHER DE AMIGO
De Leandro Monteiro, RJ, 2005, 13 minutos.

:: O SACI NO MORRINHO
De Fábio Gavião, RJ, 2006, 4 minutos.

:: PICOLÉ, PINTINHO E PIPA
De Gustavo Melo, RJ, 2007, 15 minutos.

:: SEU ALUISIO E O MAR
De Núcleo Kabum, BA, 2006, 7 minutos.


exibição no dia 22 (sáb)
18:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: CAVALINHO AZUL

De Eduardo Escorel
(Brasil, 1984, ficção (infantil), cor, 94 minutos)

Era uma vez um menino, chamado Vicente, que tinha um cavalo, para seus pais, um velho pangaré marrom, bem feio e magro. Para Vicente, um lindo cavalo azul. Passando dificuldades, os pais vendem o pangaré para comprar mantimentos. Recuperar ser cavalinho azul é a missão e a aventura de Vicente.

Antes do filme haverá a exibição do curta-metragem:

:: PORTINHOLAS
De 150 alunos da rede municipal de Vitória/ES, 2003, 7 minutos.

exibição no dia 23 (dom)
18:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: O GRANDE GOLPE

De Stanley Kubrick

The Killing (EUA, 1956, ficção (policial), p&b, 84 minutos)

Após cumprir uma pena de 5 anos, Johnny Clay está convencido de que se o ladrão não fizer um plano perfeito ele será preso, independente da quantia. Assim, decide apostar alto e elabora uma complexa trama para assaltar o hipódromo. Se der certo, ele e seus cúmplices ficarão ricos, pois calcula que obterá no assalto 2 milhões de dólares, mas tudo tem que funcionar como engrenagens de uma máquina e basta uma delas não se ajustar para tudo fracassar.

exibição no dia 23 (dom)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: OS MATADORES

De Beto Brant
(Brasil, 1997, ficção (drama/policial), cor, 90 minutos)

Em um bar na divisa Brasil-Paraguai, um homem está para ser eliminado. Enquanto esperam o defunto encomendado, dois matadores, Toninho e Alfredão revelam uma história em que é difícil encontrar culpados e inocentes. Presente e passado se misturam em torno da morte de Múcio, o pistoleiro mais competente da região, mostrando que matar ou morrer é uma fronteira fácil de atravessar. Um chefe, uma bela mulher, um serviço a ser feito. O filme testa os limites da amizade, do medo e da traição. Quem traiu?
Antes do filme haverá a exibição do curta-metragem:

:: SINISTRO
De René Sampaio, DF, 2001, 19 minutos.

Exibição nos dias 24 (seg) / 26 (qua)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita



:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::
:: VELUDO AZUL

De David Lynch
Blue Velvet (EUA, 1986, ficção (suspense), cor, 120 minutos)

Sob a aparente serenidade de uma pequena cidade, existe um mundo obscuro no qual os inocentes não ousam se aventurar, e onde o imprevisto é normal. É o reino assustador de Veludo Azul. Obra de David Lynch. Veludo Azul é uma "mistura chocante, profundamente perturbadora e assustadora entre os sentimentos sinceros e os horrorizantes" (Newsweek). O inocente Jeffrey Beaumont (Kyle MacLachlan) percebe que sua perfeita cidade natal não é tão normal assim, quando ele descobre uma orelha humana em um terreno baldio. Sua investigação o leva a um tentador e erótico mistério envolvendo uma perturbada cantora de boate (Isabella Rossellini) e um sádico viciado (Dennis Hopper). Logo Jeffrey passa a fazer cada vez mais parte da depravada existência desse estranho par... até um ponto sem volta.

Exibição no dia 18 (ter)
20:00 / Cine Vila Rica / entrada gratuita




:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

Para receber a programação do ComCine e do Cine Vila Rica direto em seu e-mail, envie uma mensagem com o assunto “CADASTRAR” para comcine@ufop.br.

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::